terça-feira, 30 de março de 2010

Algumas músicas de isa tkm e isa tk+

Amigas para siempre +
Sera Porque te amo +
Te Extraño +
Si Te Veo Una Vez Mas +
Un Poquito Mala +
desde que te vi +
como era antes +
Atras quedo tu amor +
Te voy a Buscar +
Tu amor es un sueno +
Entre tu y yo +
No tengas miedo +
SI NO ESTAS CONMIGO +
La llegada del amor +
Toda una dama m
Para mi m
Debia ser amor m
Ella tiene un amor m
La princesa m
Ven a bailar m
Yo digo m
Amigos como tu m
La vida después de ti +
Mañana es para siempre +

terça-feira, 23 de março de 2010

Piadas e charadas

Por que quando uma loira morre, o cérebro dela fica do tamanho de uma ervilha?
R: Porque incha.


Existe um bar em SP onde quem estiver lá e contar uma mentira desaparece.
Então entrou uma ruiva e indagou.
- "Tive pensando e conclui que sou a mulher mais bonita de SP." Puf ...desapareceu.
Depois entrou uma morena.
- "Estive pensando e conclui que sou a mulher mais sexy de SP." Puf... desapareceu.
Logo depois chega uma loira e diz
- "Estive pensando..." ...Puf desapareceu

Por quê as loiras estão lambendo relógio???
Porque tic-tac só tem duas calorias.

Por quê uma loira leva 15 dias para tomar um iogurte?
Porque no rótulo está escrito:
"Consumir em 15 dias"!


Por que a loira ficou muito feliz
ao conseguir terminar um quebra-cabeça em 6 meses?
Porque o quebra-cabeça era para 3 a 4 anos.



Eram 3 maes conversando
A ruiva disse:
- "Encontrei uma garrafa de pinga na bolsa da minha filha.
Não acredito que ela esteja bebendo."

A morena disse:
- "E eu que encontrei um maco de cigarro.
Não creio que minha filha esteja fumando. "

Aí a loira disse:
- "E eu que encontrei na bolsa da minha filha uma camisinha.
Não acredito que ela tem um pipi!!"

Quando é que a loira tem dois neurônios?
Quando está grávida!!!!

Alguém diz para uma loira:
- "Olha um passarinho morto! "
E ela responde olhando para o céu:
- "Onde???"

Uma mulher foi numa loja comprar uma TV. Ela pediu:
- "Me vê aquela tv ? "
Ai a vendedora disse:
- "Não vendemos para loiras."
Então a loira saiu da loja e foi a um salão de beleza pintar o cabelo.
Depois voltou para Loja e fez a mesma pergunta:
- "Me vê aquela tv? "
De novo a vendedora disse:
- "Não vendemos para loiras. "
Daí a loira disse:
- "COMO VOCÊ SABE? "
- "É que aquilo não é uma TV, é um micro-ondas."

UMA LOIRA CHEGOU NUMA RODA DE AMIGOS.
LOGO ELES DECIDIRAM PEGAR ELA.
PERGUNTARAM SE ELA HAVIA VISTO O MÁRIO.
- "MÁRIO, QUE MÁRIO?"
- "AQUELE QUE TE PEGOU ATRÁS DO ARMÁRIO!!!AH,AH,AH..."
A LOIRA SAIU CHATEADA. AFINAL ESSA PIADA É MAIS VELHA QUE NÃO SEI O QUE
- "AH, MAS ISSO NÃO FICA ASSIM. VOU TER QUE PEGAR ALGUÉM! "
E FOI FALAR COM SUAS AMIGAS...
- "MENINAS, VOCÊS VIRAM O MÁRIO?"
- "MÁRIO, QUE MÁRIO?" - PERGUNTARAM AS GAROTAS.
- "AQUELE QUE ME PEGOU ATRÁS DO ARMÁRIO!!!!"


Por quê a loira toma Yakult com o chinelo na mão?
Pra matar os lactobacilos vivos.


Um policial parou uma loura dirigindo na contramão.
- "A senhorita não está vendo aonde esta indo?"
- "Não. Mas deve ser muito ruim lá. Tá todo mundo voltando!"

Charadas

01
P: Como se chama uma loira com meio cérebro?
R: Superdotada.

02
P: Como se chama uma loira com um cérebro?
R: Grávida.

03
P: Como se chama uma loira que tinge o cabelo de preto ou castanho?
R: Inteligência artificial.

04
P: Por que loiras não se sentam nas janelas dos aviões?
R: Para não desmanchar o penteado.

05
P: Como fazer os olhos de uma loira brilharem?
R: Enfie um fósforo aceso no ouvido dela.

06
P: Qual a diferença entre a loira e o computador?
R: Você só precisa passar informações uma vez para o computador.

07
P: Por que loiras não gostam de computadores?
R: Porque elas não conseguem sintonizar o SBT.

08
P: Ei, loirinha. Por que você usa almofadas nos ombros?
R: Eu não sei - responde balançando a cabeça para um lado e para o outro.

09
P: Como se mata uma loira?
R: Colocando pregos nas almofadas dos ombros.

10
P: Como as loiras limpam o ouvido?
R: Elas colocam cotonetes nas almofadas dos ombros.

11
P: Por que loiras não comem gelatina?
R: Porque elas não conseguem colocar dois copos de água na caixinha.

12
P: Por que loiras não comem picles?
R: Porque elas não conseguem enfiar a cabeça dentro do vidro.

13
P: Por que loiras não comem bananas?
R: Porque elas não conseguem achar o zíper.

14
P: Por que loiras usam batom verde?
R: Porque vermelho significa PARE.

15
P: Qual a primeira coisa que uma loira faz logo de manhã?
R: Vai para casa.

16
P: O que significa uma loira assoprando no ouvido da outra?
R: Transplante de cérebro.

17
P: Quantas loiras são necessárias para trocar uma lâmpada?
R1: Uma. Ela segura a lâmpada e espera o mundo girar ao redor dela.
R2: Duas. Uma para segurar a 'Diet Coke' e outra para chamar: "Papai!"
R3: Dez. Uma segura a lâmpada e nove rodam a escada.

18
P: Por que a loira escalou a parede de vidro?
R: Para ver o quê havia do outra lado.

19
P: Por que a loira desistiu de usar a pílula?
R: Porque a pílula vivia caindo.

20
P: Se você jogar uma loira e uma morena do alto de um prédio, qual das duas chega ao chão primeiro?
R: A morena. Porque a loira precisa parar para perguntar como ela chega ao chão.

21
P: Qual a diferença entre a loira e um porsche?
R: Você nunca empresta um porsche a um amigo.

22
P: Qual a diferença entre uma loira inteligente e o pé grande?
R: O pé grande existe!

23
P: Como a loira tentou matar o passarinho?
R: Jogando-o pela janela.

24
P: Por que a loira ficou feliz quando terminou de montar um quebra-cabeças em 6 meses?
R: Porque na caixa dizia: "de 2 a 4 anos".

25
P: Como você distrai uma loira por várias horas?
R: Escreva "leia o outro lado" nos dois lados de um papel e dê a ela.

26
P: Por que Deus criou as loiras?
R: Porque ovelhas não sabiam cozinhar.
P2: Por que Deus criou as morenas?
R2: Porque as loiras tambem não sabiam.

27
P: Por que as loiras só usam marmitas transparentes?
R: Para saberem se é de manhã ou de tarde.

28
P: Por que não se deve deixar uma loira colocar uma lâmpada no soquete?
R: Porque ela vai quebrar a lâmpada com o martelo.

29
P: Como se mede a inteligência de uma loira?
R: Medindo a pressão de ar que sai de seu ouvido.

30
P: Por que a loira atravessou a rua?
R1: Não sei.
R2: Nem ela sabe...

31
Uma loira e uma morena foram passear no parque. A morena fala:
-- Olha, um passarinho morto... que judiação!
E a loira, olhando para o céu, responde:
-- Onde, onde?

32
O guarda de trânsito pára a loira que estava trafegando na contra-mão e pergunta:
-- Posso saber aonde a senhorita estava indo?
E a loira:
- Ah, seu guarda, acho que nem vou mais... tá todo mundo voltando!

33
Duas loiras passeavam na floresta. Aí uma parou, olhou para baixo e disse:
-- Veja, pegadas de veados!
E a outra discordou:
-- Não, parecem mais pegadas de lobos.
-- Veados!
-- Lobos!!!
E ficaram discutindo alí cerca de meia hora até serem atropeladas... por um trem.

34
A loira trancou o carro com a chave dentro e está desesperada, tentando abrir a porta com um grampo de cabelo:
-- Droga, tenho que abrir logo este carro, pois está começando a chover, e deixei o teto solar aberto!

35
A loira estava passeando, quando olhou para cima e viu uma pomba voando. Quando a pomba estava bem em cima dela, solta uma "bomba"...
Aí a loira fala:
-- Poxa! Ainda bem que eu estava com a boca aberta, ou ela teria acertado a minha cara! (E pensou consigo mesma: "Ainda bem que vacas não voam!")

36
P: Por que não se deve deixar que uma funcionária loira saia para o almoço?
R: Porque é difícil ensinar o serviço a ela.

37
P: Por que a loira morreu quando tomava leite?
R: Porque a vaca caiu em cima dela.

38
P: Como você sabe que um fax foi enviado por uma loira?
R: Quando o fax vem com selo.

39
P: Por que não se deve contratar uma farmacêutica loira?
R: Porque ela ía quebrar todos os frascos, tentando colocá-los na máquina de escrever.

40
Uma loira vem descendo a rua com um porco debaixo do braço. Uma pessoa pergunta:
-- Onde você arrumou isso?
E o porco responde:
-- Eu a ganhei numa rifa.

41
A loira pede uma pizza pelo telefone. A pessoa da pizzaria pergunta:
-- A senhora quer que eu corte em 4 ou 8 pedaços?
E a loira:
-- 4 por favor. Eu não agüento comer 8 pedaços...

42
P: Por que as loiras não amamentam seus filhos?
R: Porque dói colocar os seios para ferver.

43
P: Como se chama uma loira que perdeu 90% da sua inteligência?
R: Divorciada.

44
P: Como você sabe que uma loira usou o computador?
R: Quando o monitor está cheio de liquid paper.
P2: Como você sabe que outra loira usou o computador?
R2: Quando algo foi escrito sobre o liquid paper.

45
P: Como um neurônio de uma loira morre?
R: Sozinho.

46
P: Por que Deus deu para as loiras 2% a mais de cérebro que um cavalo?
R: Porque Deus não queria que as loiras cagassem nas ruas durante desfiles.

47
P: E por que as loiras tem o dobro do cérebro de uma vaca?
R: Para quando você pegar nas tetas da loira, ela não falar: "Moooo!"

48
P: Como você faz uma loira casar com você?
R: Diga a ela que ela está grávida.
P2: Sabe o que ela vai te perguntar?
R2: "Você tem certeza que é meu?"

49
P: Quais são duas coisas no ar que podem fazer uma loira engravidar?
R: Os pés dela!

50
P: Como uma loira mata um peixe?
R: Ela o afoga.

51
P: Como você confunde uma loira?
R: Você não faz isso! Elas já nasceram desse jeito.

52
P: Por que loiras não trabalham em elevadores?
R: Porque elas não sabem o caminho direito.

53
P: Qual a diferença entre a loira e a tábua de passar roupa?
R: É difícil abrir as pernas de uma tábua de passar roupa.

54
P: Qual a diferença entre a loira e um armário pequeno?
R: Apenas um homem pode entrar no armário ao mesmo tempo.

55
P: Qual a diferença entre a loira e um telefone?
R: Você precisa de uma ficha para usar o telefone.

56
P: Qual a diferença entre uma loira e um trampolim?
R: Você tira os sapatos antes de usar um trampolim.

57
P: Qual a diferença entre um terrorista e uma loira menstruada?
R: Você pode negociar com o terrorista.

58
P: Qual a diferença entre uma loira e um banheiro?
R: O banheiro não vai ficar atrás de você depois de usá-lo.

59
P: Qual a diferença entre uma loira e uma limusine?
R: Não é fácil ter uma limusine.

60
P: Qual a diferença entre uma bola de boliche e uma loira?
R1: Você pode enfiar só 3 dedos na bola de boliche.
R2: Não existe diferença. Ambas são redondas e têm 3 buracos para colocar algo dentro.

61
P: Qual a diferença entre uma prostituta, uma ninfomaníaca e uma loira?
R: A prostituta diz: "Você não acabou ainda?"
A ninfomaníaca diz: "Você já acabou??!!"
A loira diz: "Bege... Acho que vou pintar o teto de bege."

62
P: O quê a loira disse quando derrubou aquele caríssimo vaso chinês do pai?
R: "Está tudo bem, papai! Eu não me machuquei."

63
P: Como você tira uma loira que está pendurada numa árvore apenas por um braço?
R: Abane a mão para ela.

64
P: Como é que a loira acende a luz depois de fazer sexo?
R: Ela abre a porta do carro.

65
P: Como que você faz uma loira mudar de idéia?
R1: Assopra dentro da orelha dela.
R2: Paga outra cerveja para ela.

66
P: Como você sabe que a loira atingiu o orgasmo?
R1: Quando ela diz: "Próximo!"
R2: Quando o próximo da fila dá um tapinha no seu ombro.

67
P: Como você afoga uma loira?
R: Coloca um espelho no fundo de uma piscina.

68
P: O que você tem quando cruza uma loira com um advogado?
R: Uma coisa que, quando te fizer uma chupeta, não vai parar até arrancar sangue.

69
P: Qual a semelhança entre a loira e uma frigideira?
R: Você tem que aquecer bem antes de pôr a carne.

70
P: Como você faz uma loira sorrir na segunda-feira pela manhã?
R: Conte a ela uma piada na sexta-feira à noite.

71
P: Em um bar, como você sabe qual loira é a garçonete?
R: É a loira com um OB na orelha imaginando onde será que ela colocou a caneta.

72
P: Como você sabe que uma loira mexeu na sua geladeira?
R: Pelas marcas de batom nos pepinos.

73
P: Quando você sabe que uma loira trabalha em um escritório?
R: Quando o escritório tem um quartinho com uma cama e um sorriso enorme na cara de todos os chefes.

74
P: Qual a diferença entre uma loira e um rapaz?
R: A loira tem uma maior quantidade de esperma no seu organismo.

75
P: Qual a diferença entre uma loira e uma escova de dente?
R: Seus amigos não usam a sua escova de dente.

76
P: Por que as loiras não gostam de piadas de loiras?
R: Porque elas não conseguem entendê-las.

77
P: Por que as loiras gostam de relâmpagos?
R: Porque elas acham que alguém está tirando fotos delas.

78
P: Por que as loiras gostam de BMW?
R: Porque elas conseguem soletrar.

79
P: Por que as loiras tomam pílula?
R: Para poder saber que dia da semana é.

80
P: Por que as loiras têm orgasmos?
R: Para elas saberem quando parar de fazer sexo.

81
P: Por que as loiras usam batom vermelho?
R: Porque o vermelho significa: "Pare, buraco errado!"

82
P: Por que as loiras não dobram a receita quando estão cozinhando?
R: Porque o forno delas não vai até 700 graus.

83
P: Por que as loiras não usam vibrador?
R: Porque machuca os dentes.

84
P: Por que um saco de pancadas é melhor que uma loira?
R: Porque você pode descarregar suas tensões no saco e ele não vai ficar atrás de você por uma semana.

85
P: Qual é a primeira coisa que uma loira faz pela manhã?
R1: Se apresenta para o cara ao lado.
R2: Volta para casa.

86
P: O Papai Noel, o Saci-Pererê, uma loira inteligente e uma loira burra estão andando na rua e encontram uma nota de U$100,00. Qual deles a pega primeiro?
R: A loira burra, claro. Porque Papai Noel, Saci-Pererê e loiras inteligentes não existem.

87
P: O quê você diz para uma loira sem braços e sem pernas?
R: "Que peitão!"

88
P: O quê a loira te responde quando você pergunta se o pisca-pisca está funcionando?
R: "Tá, não tá, tá, não tá,..."

89
P: O quê a loira diz quando acaba de fazer sexo?
R1: "Obrigado, rapazes!"
R2: "Todos vocês jogam no Corinthians?"

90
P: O quê você ganha quando oferece a uma loira um centavo pelos pensamentos dela?
R: Trôco.

91
P: O quê a loira te diz quando você assopra dentro da orelha dela?
R: "Obrigada pelo refil!"

92
P: O quê você faz quando uma loira te joga uma granada?
R: Você puxa o pino e joga de volta para ela.

93
P: Como você chama um esqueleto com cabelos loiros dentro de um armário em um porão?
R: Vencedora do campeonato de esconde-esconde de 1993.

94
P: Como você chama 5 loiras boiando em uma piscina?
R: Bolhas de ar.

95
P: Como você chama duas loiras, lado a lado, com as orelhas encostadas?
R: Túnel de vento.

96
P: Como você chama uma loira numa instituição de cientistas?
R: Visitante.

97
P: Como você chama uma loira com metade do cérebro?
R: Abençoada.

98
P: Como você chama uma mosca que entra dentro da cabeça de uma loira?
R: Um Space Invader.

99
P: Qual é a parte mais irritante de transar com uma loira?
R: São os outros caras esperando a vez.

100
P: Por que as piadas de loiras são tão curtas?
R: Para as morenas poderem lembrar.

101
P: Por que quando dissemos algo para uma loira, entra por um ouvido e não sai pelo outro?
R: Porque o som não se propaga no vácuo.

OS BABÁS

Babás, no candomblé, são espíritos de mortos, convocados para voltar ao nosso
plano com alguma finalidade. Para invocar um babá, a mãe-de-santo vai ao túmulo
da pessoa junto com um grupo de adeptos e realiza um ritual, de que faz parte a
colocação, sobre a tumba, de uma certa roupa, às vezes colorida, às vezes coberta
de espelhos ou adornos, que será ocupada pelo espírito reanimado. Vários babás são
então reunidos em uma casa, onde chegam os adeptos e os convidados para assistir
a cerimônia. Depois que todos entram, um círculo de babás homens cerca a casa;
para quem vê, são tecidos que flutuam no ar como se estivessem pendurados num
varal, um ao lado do outro. A partir desse instante ninguém mais pode entrar ou sair
da casa. Lá dentro, numa sala iluminada, os convidados assistem à entrada dos
babás. As peças de roupa atravessam as frestas das portas fechadas, e uma vez
dentro da sala, inicia-se uma dança (se é que pode se chamar assim), ao ritmo dos
tambores e das palavras da mãe-de-santo. As crianças geralmente se encolhem
debaixo dos bancos, transidas de pavor. É proibido duvidar do que está
acontecendo; se alguém se manifesta ou deixa transparecer um traço de ceticismo, é
convidada a se aproximar. Se a pessoa tem boas relações com a mãe-de-santo, esta
simplesmente faz com que um dos babás deixe a roupa por um momento; a roupa
cai ao chão imediatamente; a mãe-de-santo então renvoca o babá e a roupa
novamente flutua e dança. Mas se a pessoa não for amiga da mãe-de-santo, ou for
um desconhecido, a mãe-de-santo simplesmente convida a pessoa a tocar no babá
para ver se é de verdade. Acontece que tocar num babá é a última coisa que alguém
em sã consciência deve fazer; a pessoa pode levar semanas para se recuperar da
surra que levará. Por isso, ninguém se atreve a se aproximar da casa durante a
cerimônia, rodeada pelo círculo de babás homens. A casa de algumas mães-de-santo
é guardada à noite por um par de babás, e ela dorme com as portas e janelas abertas
porque sabe que nenhum ladrão ousará chegar perto de uma casa com essa
proteção. Uma mãe-de-santo advertira os filhos para não
chegar tarde, pois a partir das dez da noite os babás ficavam de prontidão; certa
noite ele se esqueceu e chegou às três, e ao tentar entrar em casa foi sovado pelos
babás até quase morrer. A mãe-de-santo não pôde fazer nada, pois sabia que nada
podia ser feito; esperou os babás terminarem e então levou o filho para dentro, para
tratar seus ferimentos com os ungüentos do candomblé.

BONECOS ASSASSINOS

Na época em que existiam os bonecos desses personagens dizia-se que a Xuxa tinha um pacto com o mal para ter sucesso. Então a sua boneca, a noite falava com as crianças pedindo para que matassem os pais e coisas assim.

Não foi diferente com o boneco Fofão. A história é de que o fabricante dos bonecos também tinha um pacto e disse que dentro do boneco haviam velas pretas e um punhal.

O ROUBO DO RIM

Essa é uma das minhas lendas favoritas, foi citada no filme Lenda Urbana.
Não ha nada de sobrenatural nela, mas é muito interessante, além de servir como uma alerta sobre os perigos que rondam na noite, já que esse estava sendo o enredo de uma situação real que fez e faz muitas vítimas no mundo todo.



Um garoto sai para curtir a noite em um bar. Lá conhece uma mulher linda, e eles começam a conversar e a beber. Pinta então um clima, e ela o convida para ir ao seu apartamento. Chegando lá o oferece mais uma bebida e o rapaz não percebe que ela colocou algo dentro.

No dia seguinte ele acorda em uma banheira cheia de gelo, ele então ainda meio tonto pelo efeito da droga encontra ao lado da banheira um bilhete que diz: "Ligue rápido para o hospital ou vai morrer". Ele liga, conta o que aconteceu e é orientado para verificar se existem duas incisões nas costas na altura dos rins. É então que percebe que teve os dois rins roubados

PASSAGEIRA FANTASMA

Certo dia, um motorista de táxi rodava pela avenida José Bonifácio em frente ao cemitério Santa Izabel quando uma linda jovem fez sinal .


Ele parou e ela pegou o táxi. Eles deram uma volta na cidade e ele a trouxe de volta para o cemitério. Na hora de pagar, ela mandou que ele fosse receber na casa dos seus pais. Deu-lhe o endereço completo.
No dia seguinte, ele foi cobrar o dinheiro.encontrou a casa, bateu, um senhor veio recebê-lo. Ele disse que viera cobrar o dinheiro pela corrida de táxi que sua filha havia feito.
O senhor ficou todo desconfiado e disse que sua filha não tinha saído à noite.
O susto maior do pai foi quando o taxista deu o nome da moça e disse como ela era e como estava vestida.
O pai disse que não era possível, que a sua filha tinha morrido já a alguns anos.
-Será que errei de casa, diz o motorista.
Então o motorista começou a ver algumas fotos que estavam na parede e disse:
- É aquela moça.
O motorista saiu perplexo, quase louco, sem saber o que tinha acontecido na noite anterior.

A LOIRA DA ESTRADA

Segundo a lenda, nas estradas, a noite, uma mulher loira muito atraente pede carona aos caminhoneiros.
Durante a viagem, ela os seduz, e ao tentar beija-la, o caminhoneiro tem a língua decepada e é morto.

Conta-se que esta mulher, teve uma morte trágica, atropelada por um caminhão. Desde então sua alma busca eterna vingança.

O CANAVIAL

No interior de Minas Gerais muitos "causos" misteriosos são contados .

Um causo muito estranho aconteceu numa cidadezinha, cuja fonte de renda era a cultura de cana de açúcar. Das grandes fazendas aos sítios, a única coisa que se via eram grandes roças de cana.

Numa dessas fazendas, que abrigavam colonos de toda parte do país, conta-se que um casal de nordestinos chegou e pediu emprego. Além do emprego, deram a eles um casebre, próximo a roça, para que morassem.

O casebre era bem isolado dos demais, pelo fato de ser um dos mais antigos. Os outros colonos achavam o novo casal muito estranho, quase não conversavam e não participavam da missa de domingo.

A mulher, que mais parecia um bicho do mato, estava grávida, mas mesmo assim todas as madrugadas ela ia para a roça cortar cana. Num dia muito quente, desses que parece que até o chão ferve, um incidente muito triste ocorreu. O marido da "Bicho do Mato"- como era conhecida aquela estranha mulher - fora picado por uma cobra e faleceu em poucas horas.

"Bicho do Mato" ficou mais transtornada e mais estranha ainda. Até as crianças tinham medo dela. Ela continuo cortando cana até o nascimento do filho.

Quando o bebê nasceu, "Bicho do Mato" sumiu ... não cortava mais cana, não abria a porta do casebre para ninguém. As colônias diziam que ela estava de resguardo e como era muito orgulhosa, não aceitava ajuda de ninguém.

Coincidentemente, na mesma época do seu "sumiço", escutava-se todas as noites, um bebê chorando no canavial. Os bóias frias ficaram encucados com aquele choro e um dia resolveram procurar ... Eles andavam, andavam e nada de encontrar o bebê. Quando se aproximaram do casebre, notaram que o choro ficou mais forte, parecendo que vinha de baixo da terra. No dia seguinte voltaram e arrancaram o pé de cana. Para espanto de todos, encontraram o corpo de um bebê já em estado de decomposição. O dono da fazenda chamou a polícia e eles invadiram o casebre. Encontraram "Bicho do Mato" encolhida no canto do casebre como uma louca. O fogão de lenha estava manchado de sangue.

Descobriu-se depois que ela matou seu próprio filho, socando sua cabeça na beira do fogão e depois o enterrou no canavial.

A mulher foi levada para um sanatório e o bebê foi enterrado numa cova digna, no cemitério da fazenda, onde o padre rezou uma missa pedindo por sua alma.

Depois disso, nunca mais ninguém ouviu o choro do bebê...

A LOIRA DO BANHEIRO

Ela é muito comentada, mas também incerta, existem muitas versões para ela.

Uma delas diz, que uma menina loira muito bonita vivIa matando aula na escola, ficando dentro do banheiro, fumando, fazendo hora, enfim. Então um dia, durante essas escapadas, ela caiu, bateu com a cabeça e morreu. Desde esse dia, os banheiros femininos de escolas são assombrados pelo espírito de uma loira que aparece quando se entra sozinho.

Outros dizem que esta loira aparece com o rosto cheio de cicatrizes e fere as garotas, ou com algodão no nariz, pedindo para que tirem. Também há a de que, se chamar tantas vezes em frente ao espelho ela vai aparecer.

É uma história complicada, mas é uma das lendas bem antigas que fazem parte da vida de qualquer estudante.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Habla mi corazon(letra)

Alex:
Hoy tengo ganas de escribir
Una canción que hable por mí
De lo que tú me haces sentir
Y no es tan fácil de decir

Me gusta tu forma de ser
Tú mezcla de niña y mujer
Tu corazón tan puro y fiel
Y el dulce aroma de tu piel...

Isa:
Eres el chico que soñé
El que yo siempre imaginé

Alex/Isa:
Y nuestro amor ya no se puede retener

Coro:
Te habla mi corazón
Te canto esta canción
Que impide que me des el beso de dolor
Te habla mi corazón
Te canto esta canción
Quieres vivir en tu alma un sueño para dos

Alex:
Un sueño para dos

Alex:
No hay nada que me guste más
Que estar contigo en soledad
Mirándonos y sin hablar
Saber que nunca más te irás

Isa:
Eres el chico que soñé
El que yo siempre imaginé

Alex/Isa:
Y nuestro amor ya no se puede retener

Coro:
Te habla mi corazón
Te canto esta canción
Que impide que me des el beso de tu amor
Te habla mi corazón
Te canto esta canción
Quieres vivir en tu alma un sueño para dos

Alex:
Un sueño para dos

Coro:
Te habla mi corazón
Te canto esta canción
Que impide que me des el beso de tu amor
Te habla mi corazón
Te canto esta canción
Quieres vivir en tu alma un sueño para dos

Alex:
Un sueño para dos

Ven a bailar(letra)

Hay un camino que seguir
hay muchas puertas que se van a abrir
amor es para conquistar
que mas puedo decir si hay mucho por andar.

Aqui nos puede pasar
aqui nos puede pasar.

Hay muchos sueños que vivir
tambien amigos para compartir
aver que dice el corazon
que mas puedo decir
si es solo esta cancion.

Aqui se pone mejor
aqui se pone mejor.

(Refrão)
Esta fiesta va a empezar
nos tenemos que animar
hoy podremos disfrutar
ven a bailar. (x2)

Es un lugar para los dos
siento latir mas fuerte el corazon
yo se que voy a conocer
las cosas que esperaba y que tanto soñe.

Aqui puede suceder
aqui puede suceder.

Esta fiesta va a empezar
nos tenemos que animar
hoy podremos disfrutar
ven a bailar. (x2)

Aqui puede suceder
aqui puede suceder.

Esta fiesta va a empezar
nos tenemos que animar
hoy podremos disfrutar
ven a bailar. (x2)

Vamos a vivir(letra)

Te llevo en mi corazón
En cada dia nuevo me haces sonreir
Tu sabes que soy para ti
Y yo se que eres para mi

(Alex)
Me inspiras en cada canción
Y junto a ti la vida es mucho mas feliz
Tu sabes que soy para ti
Y yo se que soy para ti

Vamos que todo nos sale mejor
Cuando un amigo nos da el corazón
Te acompañará
Siempre estará
Que bueno es el camino de a dos

(coro)
Vamos a vivir ese porvenir
Que vengan mas amigos
Que el futuro ya esta aqui
Vamos a vivir ese porvenir
Que vengan mas amigos
Que el futuro ya esta aqui

(Cristina)
Ya sé que soy la mejor
Y tengo el chico mas hermoso del lugar
Que poco que cuesta soñar
És mio y de nadie mas
Vamos que todo nos sale mejor
Cuando un amigo nos da el corazón
Te acompañara
Siempre estará
Que bueno es el camino de a dos

(Coro)
Vamos a vivir ese porvenir
Que vengan mas amigos
Que el futuro ya esta aqui
Vamos a vivir ese porvenir
Que vengan mas amigos
Que el futuro ya esta aqui

Vamos que todo nos sale mejor
Cuando un amigo nos da el corazon
Te acompañará
Siempre estará
Que bueno es el camino de a dos
(Coro)
Vamos a vivir ese porvenir
Que vengan mas amigos
Que el futuro ya esta aqui
Vamos a vivir ese porvenir
Que vengan mas amigos
Que el futuro ya esta aqui

Para mi(letra)

Para mi eres un ángel
Que me viene a acompañar
Que bajo del cielo y su amor
Me quiso regalar
Para mi eres un día
Lleno de sol
Que le puso letra a mi vida
Con su corazón
Y esta canción pudo ser mejor
Pero no tengo palabras
Para poder decir te quiero
Te quiero, es mejor decir te quiero
Que nada
No habrá otro amor
Porque tu amor es el que solo quiero
No habrá otro amor
Por que ya no te iras
No habrá otro amor
Este es el verdadero
No habrá otro amor
En ningún lugar
Para mi eres el sueño
Que no esperaba soñar
Que toda mi vida cambio sin preguntar
Para mi eres la alegría y la razón
Que lleno de amor mi vida
Y mi corazón
Y esta canción pudo ser mejor
Pero no tengo palabras
Para poder decir te quiero
Te quiero, es mejor decir te quiero
Que nada
No habrá otro amor
Porque tu amor es el que solo quiero
No habrá otro amor
Porque ya no te iras
No habrá otro amor
Este es el verdadero
No habrá otro amor
En ningún lugar

La princesa(letra)

Aaaaaa
Hoy siempre que quiero me hago notar
Tengo lo que todas desearian
Algo especial
Y no lo puedo dicimular
Puro talento con magia y personalidad
Y no me importa quien quede atras yo
Miro adelante y no pienso parar jamas no

Oooooo
Lo que todas quieren yo lo tengo
Quien se va a atrever a enfrentarme
Oooooo
La princesa de este cuento no podra ser otra que yo
Ja ja ja

Tengo una forma distinta de actuar
No soy como esas que me miran para imitar
Y no lo pueden dicimular
Que mas quisieran tener mi estilo sin igual
Si se equivocan nunca podran
Yo sigo adelante y no pienso parar jamas no

Ooooooo
Lo que todas quieren yo lo tengo quien se va a atrever a enfrentarme
Ooooooo
La princesa de este cuento nunca podra ser otra que yo
Otra que yo

Y no lo puedo dicimular
Yo miro adelante y no pienso parar jamas no
Ooooo
Lo que todas quieren yo lo tengo
Quien se va a atrever a enfrentarme
Oooooo
La princesa de este cuento nunca podra ser otra que yo
Oooooo
Lo que todas quieren yo lo tengo
Quien se va a atrever a enfrentarme
Ooooooo
La princesa de este cuento nunca podra ser otra que yo

Amigas como tu(letra)

Yo sé contigo puedo darme a conocer tal y como soy,
Sé que siempre tu serás mi amiga y eso es lo mejor,
Por que sé que estas aqui en mi corazón.

Yo sé contigo hay mucho por recorrer y para disfrutar,
y sé que siempre vamos a estar juntas,
y te quiero contar que no te voy a fallar
Porque tu eres mi amiga ideal la que soñe encontrar
Te digo

Amigos como tu, hacen mejor la vida
Curan heridas,son de verdad
Amigos como tu, nos traen alegria
Y eso cada dia, le da luz a nuestra amistad

Yo sé que siempre hay magia al rededor, eres especial
y sé que ya eres parte de mi vida
y te quiero contar que no te voy a fallar
Porque tu eres mi amiga ideal la que soñe encontrar
Te digo

Amigos como tu, hacen mejor la vida
Curan heridas, son de verdad
Amigos como tu, nos traen alegria
Y eso cada dia, le da luz a nuestra amistad (5x)

Ella tiene un amor(letra)

Yo soy especial simpática y muy fiel
No soy como esas chicas que seducen una y otra ves
Me gusta cantar esa es mi pasión
Perfecta no soy pero que mas da si tengo
Un gran amor
Me siento genial
Todo lo supere no soy como
Esas chicas que jamás supieron
Que perder me pongo a bailar si escucho
Un tambor no soy la mejor pero que mas da
Si tengo un gran amor

(Coro)
Ella tiene un amor
Y un día lo voy a conquistar
Ella tiene un amoooooooor
Esta noche no vuelvo a soñar ah ah ah

Es el chico que quiero tener ah ah
Que algún día puede suceder ah ah
Es el chico que voy a querer para siempre ah ah

Es el chico que quiero tener ah ah
Que algún día puede suceder ah ah
Es el chico q es el chico que quiero tener ah ah
Que algún dia puede suceder ah ah
Es el chico que voy a querer para siempre ah ah

Vuelvo a intentar si no me sale bien
No soy como esas chicas que siempre se
Niegan a perder si hay que desfilar no tengo temor modelo
no soy pero que mas da

(Coro)
Ella tiene un amor
Y un dia lo voy a conquistar
Ella tiene un amoooooooor
Esta noche no vuelvo a soñar ah ah ah

Es el chico que quiero tener ah ah
Que algún dia puede suceder ah ah
Es el chico que voy a querer para siempre

(Coro)
Ella tiene un amor
Y un dia lo voy a conquistar
Ella tiene un amoooooooor
Esta noche no vuelvo a soñar ah ah ah

Es el chico que quiero tener ah ah
Que algún dia puede suceder ah ah
Es el chico que voy a querer para siempre
Es el chico que quiero tener ah ah
Que algun dia puede suceder ah ah
Es el chico que voy a querer para siempre

Yo digo(letra)

Cristina:
Yo digo, que puedo, ser la mejor si quiero
no soy una mas,
Todos saben que soy especial

Isa:
Yo digo, que espero al chico que mas quiero,
ella esta de mas y yo se q me
Las pagara

Cristina:
Yo soy la reina de este lugar

Isa:
Una niña rica de su papa

[Coro]
Siempre digo
Oooo
Cristina:
Quien puede decirme quedo
Oooo
Isa:
Quien va regalarme su amor
Oooo
Cristina:
Quien puede cantar como yo
Oooo
[Coro]
Vete de mi vista porque esta es mi canción
Cristina:
Caminho segura, eso no tengan dudas
y puedo triunfar, si necesitara
a los de mas

Isa:
Yo digo, que ella quiere ser la más bella
pero en realid, es inzulsa
y no sabe cantar

Cristina:
Yo soy la reina de este lugar

Isa:
Una niña rica de su papa

[Coro]
Siempre digo
Oooo
Cristina:
Quien puede decirme quedo
Oooo
Isa:
Quien va regalarme su amor
Oooo
Cristina:
Quien puede cantar como yo
Oooo
[Coro]
Vete de mi vista porque esta es mi cancion

Debia ser amor(letra)

Hoy siento frio en mi corazón
yo no sabia que era tan triste estar sola
y no encuentro motivos
para ir con mis amigos
mas bien, mas bien quiero llorar
Hoy siento pena en mi corazón
y no parezca irse aunque pasen las horas
yo quisiera olvidarte
pero vuelvo a buscarte
y no sé no, sé que pasará

(Refrão)
Debia ser amor
pero es mas soledad
esta tristeza que anda por mi alma y mi cabeza
no me deja en paz (2x)

Hoy no me llega la inspiración
y ese espejo que no deja de mirarme
(de mirarme)
y a hora todo es vacío
por un sueño perdido y no sé
Como resultará

(Refrão)
Debia ser amor
pero es mas soledad
esta tristeza que anda por mi alma y mi cabeza
no me deja en paz

Hoy los consejos
están demás
Quiero quedarme sola
No deberá llorar
Porque se que este
Momento un dia pasará

(Refrão)
Debia ser amor
pero es mas soledad
esta tristeza que anda por mi alma y mi cabeza
no me deja en paz (4x)

Invenção

Eu era uma menina desiludida com a vida, tinha um namorado que só me fazia sofrer e chorar todos os dias, com ele não tinha alegria nenhum, pois ele era um grosso e me tratava muito mal.

Terminei o colegial, então decidi fazer faculdade, entrei no curso de direito, e conheci uma menina super legal, que logo ficamos amigas, amigas inseparáveis. Na terceira semana de aula ela me apresentou seu primo, na hora não vi interesse nenhum nele, inclusive eu ainda estava namorando.
O tempo foi se passando e eu fui pegando mais amizade com ele, conversava todos os dias, ele me dava conselhos de um monte de coisas.

Um dia saímos da faculdade para assistir jogo em um bar, nesse dia ele me disse que estava apaixonado por mim, mais que além de eu ter namorado, ele também namorava...falou que não conseguia parar de pensar em mim, e mais aqueles papos de garotos quando estão afim...

Na hora nem liguei, falei que não tinha como a gente ficar, por que ambos namorávamos. Ele disse que só queria que eu soubesse, mais nada. Disse que tudo bem, então fomos embora pra faculdade novamente, quando fui descer do carro e dar um beijo no rosto dele, ele me deu um selinho, na hora eu tremia demais, não sabia o que fazer, mais me segurei e desci do carro.

Fui embora pra minha casa, e aquilo ficou na minha cabeça, mais logo sumiu.

Na semana seguinte combinamos de ir ao cinema, uma galera, o meu namorado estava viajando. Então fomos e ele levou a namorada. Aquele dia foi horrível pra mim, eu fiquei muito mal, e ele também, ficou numa situação super chata, que não sabia o que fazer. Não conversamos nesse dia, nada!

Chegou segunda- feira e eu fui pra faculdade, ele chegou em mim, pediu desculpas por ter levado a namorada, mais ela que tinha insistido pra ir junto conosco. Falei que ele não devia satisfações pra mim, que foi certo levá- la, pois ela era nada mais, nada menos do que namorada dele. Ele virou pra mim e disse : Eu já te falei que estou apaixonado por vc, e terminei meu namoro ontem pra ficar com vc, resolva a sua vida agora se quer ficar comigo.

Eu fiquei muito feliz por ele ter me dito aquilo, mais ao mesmo tempo muito confusa, porque não sabia o que fazer.

Cheguei na minha casa, e fui logo terminar o namoro de 2 anos. Agi completamente pela emoção, mais uma emoção que tomava conta de mim, eu estava completamente cega por aquele garoto.
Passaram- se alguns dias, e eu fiquei com ele, aquele pra mim foi um momento mágico, me senti realizada. Pensei que minha mudaria naquele instante. Mais eu estava completamente equivocada, pois eu amava ele, e ele só queria ficar comigo, dizia que era novo e estava na fase da curtição. Então fui ficando com ele, mais aquilo me matava por dentro, quando ele saia sozinho pras festas com os amigos, e ficava com várias meninas!

Sempre paciente, eu esperei...esperei o momento dele chegar, e hoje sou a mulher mais feliz do mundo, estamos namorado, quase casados...rsrs

Eu posso dizer que encontrei minha alma gêmea!!!!

MATA GRANDE – O MENINO, A BURRA E O CEMITÉRIO

Quando nos meus onze anos morando em Mata Grande, em 1957, na Rua da Cruz, meu velho pai arranjou-me uma empreitada, uma das mais difíceis para um menino da minha idade na época. O velho, na sua labuta fazia viagens ao interior de Mata Grande, visitando povoados, sítios e fazendas detectando e combatendo focos do mosquito vetor da Febre Amarela. Tudo isso em companhia de alguns guardas tais como: João Félix, Mesquitinha, Zé Firmino, Mané Gomes e Leonel, todos montado. Papai comandando a turma seguia pela estrada pilotando uma burra que havia recebido do DENERU – Departamento Nacional de Endemias Rurais, e carregando nas costas algumas embalagens dos famosos DDT, BHC, Senogás e o famoso 1080 (milhioitenta).
Geralmente papai iniciava suas viagens nas segundas-feiras. Partia logo cedo, antes do nascer do sol ao som do canto matinal do galo carijó nos quintais dos vizinhos que davam acesso ao povoado Galo Assanhado. Do meu quarto ouvia as passadas do animal descendo o fragmento de ladeira que se estendia do portão dos fundos da nossa casa, um velho sobrado, ao encontro com a Rua da Cruz, enquanto o meu pai temperava a garganta como um sinal de que já estava partindo. Às vezes eu corria até a varanda onde via-o ao longe juntar-se aos colegas de trabalho, para em seguida num trote coletivo subirem a ladeira do Bom sucesso até se encobrirem na curva da estrada. Enquanto isso, minha doce mãe já se ocupava das suas primeiras tarefas do dia, preparar o café para os três filhos mais velhos, Renilce, eu (Remi) e Remilton (Mitinho) que estudavam no Grupo Escolar Demócrito Gracindo.
A semana passava rápido, geralmente papai retornava do campo na sexta-feira, trazendo na roupa aquele cheiro característico dos organoclorados. Coitado do meu pai, sabia do perigo que aqueles produtos químicos representavam para a saúde, mas não tinha como evitar, o trabalho era a sua lida. Eu e meu irmão éramos encarregados de levar o animal no cercado, tarefa esta que nos servia como um castigo pesado, pois o cercado era vizinho ao cemitério, parede e meia. Eu por ser o mais velho, arcava com a responsabilidade. Todas às sextas-feiras depois das três horas da tarde, me sentava no primeiro degrau da escada de acesso ao velho sobrado, ansioso e sempre com o olhar rotativo para a ladeira do Bom sucesso e da Rua de Cima. Pedia a Deus para que meu pai chegasse mais cedo, pois tinha uma missão difícil, deixar a burra no cercado. Algumas vezes o velho retornava com o sol já se escondendo por entre as serras que desenhavam Mata Grande, num momento crepuscular; as cigarras decoravam o cenário com seus cantos às vezes tristes, anunciando o despertar do entardecer.
E mais uma vez lá vou eu atrelado ao lombo do animal num destino forçado. Seguia pela Rua de Baixo, passava em frente a prefeitura, a residência de Seu Rodrigues, pai de Iremar e mais adiante entrava pela Rua Nova na esquina da padaria de Seu Panta. O cheiro do pão estava no ar, mas nem mesmo aquele convite me fazia perder o medo de chegar ao cercado. Lá adiante, próximo a casa do guarda João Félix, pelo lado esquerdo da rua, fiz a manobra do animal seguindo por uma estrada de barro ladeada por cercas de aveloz numa espécie de corredor. Nesse trecho o caminho era cada vez mais tenebroso, a lua em fase minguante ocultava-se entre as cortinas esparsas das árvores. Ao longe avistava o cercado num desvio do caminho por uma trilha pequena revestida por grama de burro. Nessas alturas já puxando o animal pelo seus quase dois metros de cabresto feito de caroá, olhar direcionado para o muro do cemitério, trêmulo, apenas conseguia extrair da minha imaginação personagens mitológicos de outros mundos, almas penadas e assombrações. O olhos das corujas aninhadas sobre o muro refletiam as luzes emitidas pelo ofuscado luar, dando a impressão mais real do sinistro. Abro a cancela, escuto no seu movimento aquele chiado funesto e triste. De repente sinto algo descer por entre as pernas do calção de caque, sob a forma de um liquido quente num caminho desviado pelo medo, o mijo. Nesse momento, numa rapidez do gás butano retiro o cabresto da burra que aliviada e bufando repete vários saltos rumo ao interior do cercado. Enquanto isso, na velocidade do pensamento fecho a cancela e corro de estrada a fora me enrolando no cabresto, indo de encontro a uma fonte de água nas margens do caminho. Cheguei em casa minutos depois, molhado e com o rosto enlameado parecendo um mateu...

Fã clube de Crepúsculo e lua nova







Fã clube de ISA tkm